O prego e a Cerca

20-09-2011 16:16

 

Era uma vez um menino que tinha um mal temperamento.

O pai deu-lhe um saco de pregos e disse a ele que cada vez que perdesse a calma, ele deveria pregar um prego na cerca. 


No primeiro dia, o menino pregou 17.

Nas semanas seguintes, como ele aprendeu a controlar o seu temperamento, o número diminui consideravelmente... 


Ele descobriu que era mais fácil se segurar do que pregar aqueles pregos na cerca. 


Finalmente, chegou o dia em que o menino não perdeu a calma nenhum momento. 


Ele então falou ao seu pai sobre isso e o pai sugeriu que o menino tirasse da cerca um prego por dia se ele não perdesse a calma 


Os dias passaram e o menino, então, estava finalmente pronto para dizer ao pai que tinha retirado 
todos os pregos da cerca.

O pai, então, o pegou pela mão e foram até a cerca onde lhe disse: 


" você fez muito bem meu filho, mas veja só os buracos que restaram na cerca. 


A cerca nunca mais será a mesma! Quando você fala algumas coisas com raiva, elas deixam 
cicatrizes como estás aqui. Você pode enfiar uma faca em alguém e retirá-la.

Não importa quantas vezes você peça desculpas, a ferida ainda está lá. 


Um ferimento verbal é a mesma coisa que um físico, embora as palavras possam cair no 
esquecimento, as marcas deixadas pelo significado são para sempre. 


(AD)

Moral da historia:

Um ferimento verbal, é muito pior que um físico.

Amigos, são raridades, eles nos fazer sorrir, nos dão apoio para que tenhamos socesso. Eles nos emprestam seus ouvidos, seus ombros.

Eles nos elogiam, massageiam nossos egos e tem o coração sempre aberto, não devemos entrar neles com pregos e martelos, mas sermos recíprocos com todo nosso amor.

(Ely Ramos)

 

Tópico: O prego e a Cerca

Os pregos na cerca (face)

Maria Alcinda Sá Freire 02-10-2011
O PREGO E A CERCA - Inteligente postagem que é para a gente reflectir . Obrigada Ely

Os pregos na cerca (face)

Marilena Pereira 02-10-2011
Claro que pode somos todos "UMA FAMÍLIA COM O OBJETIVO DE PASSAR TUDO AQUILO QUE APRENDEMOS NO RACIONALISMO CRISTÃO" PARA ESSA HUMANIDADE TÃO SOFRIDA E CARENTE DE ESCLARECIMENTO!!! Abraços fraternos e já está adicionada no meu grupo de "AMIGOS".

"O Prego e a cerca"

Maria do Céu sousa 22-09-2011
É uma parábola que nos mostra as consequências dos seres que não exercitam o "Domínio de si próprio", um dos atributos espirituais estudados pelo Racionalismo Cristão.
A ferida, mesmo que desculpada a pessoa que a provocou, já fez "buraco" a quem foi dirigida e, ao mesmo tempo, quem a dirigiu ficou com uma "mancha" correspondente no seu corpo fluídico que vai ter que a "limpar, saldar", um dia...

Os pregos na cerca (face)

Marilena Pereira 20-09-2011
Concordo, às vezes as "PALAVRAS SÃO TÃO RUDES DITAS NA HORA DA RAIVA QUE FICAM REGISTRADAS EM NOSSO EGO PARA SEMPRE. POR ISSO DEVE-SE PENSAR BASTANTE ANTES DE OFENDER ALGUÉM, POIS O DOMÍNIO DO "EU" É IMPORTANTÍSSIMO E NÃO SE PODE ESQUECER QUE A PALAVRA É DE PRATA E O SILÊNCIO É DE OURO"!!!

Os pregos na cerca (face)

Egidio Ianibelli Neto 20-09-2011
Se as palavras são a materialização dos pensamentos, devemos aprender a pensar, antes de proferir palavras indesejáveis.

Os pregos na cerca

Demerval - Uberlandia-MG 20-09-2011
Cara Ely, essa estória é interessante, mas muitos dos que a ouvem continuam pregando seus pregos sem pensar as cicatrizes deixadas na cerca.
Peço a quem leia como eu li, que reflitam a respeito de suas cercas e pregos e procurem doravante fazer desses objetos o devido uso, assumindo conscientemente as consequencias do mal uso.
saudações!
Demerval.

Meu comentário sobre esta historia

Rafaela Felicianos 20-09-2011
Eli, meu comentário seria, Mostre aos amigos o quanto voce se importa com eles. Parabens e beijos Prof. Rafaela

Re:Meu comentário sobre esta historia

Tânia 21-09-2011
Concordo com a história e também com os comentários. É claro que a lição servirá para o emissor perceber o quanto pode marcar o receptor de sua ofensa. Mas, pensei... O reconhecimento já é um passo! E, através deste arrependimento o ser estará galgando um degrau para a evolução e o aprendizado e despertar para não mais fazê-lo.
Abraços
Tânia

Novo comentário